blackstar
Fui ver o tal filme do momento, o que, alegadamente, nos deveria levar a questionar (a sério?) o que nos levaria a trair alguém. Nada me faz questionar isto... aliás, sei a resposta perfeitamente. O que me levantou alguns dilemas foi perceber (por amigos, comentários na própria sala, etc) o que se considera a verdadeira traição e uma vez mais pareço ser a ave rara cá do sítio. Para mim, a verdadeira traição ocorre com o par que dorme abraçado, que se mima imenso, que demonstra uma cumplicidade que entre o casal já não parece haver. Ao contrário da maioria das pessoas, aqueles que "apenas" têm sexo, os que se rendem a uma noite de luxúria depois de horas de sedução, ainda que tenham uma atitude reprovável, muito provavelmente indesculpável também, não me parecem tão traidores (se é que é possível criar uma escala de traição) como aqueles que mais do que lascívia sentem carinho. Mais do que de sexo, uma relação é feita de cumplicidade, de carinho, de afecto e de desejo.

Pelos comentários aos filme, só eu vi aquilo assim... pelos comentários que me têm sido feitos a mim, só eu vejo relações assim...
2 Responses
  1. AUFDERMAUR Says:

    Qual é o filme? Fiquei curiosa...

    Eu concordo totalmente contigo! Totalmente!


  2. blackphoenix Says:

    Eu já tinha respondido a isto... este blogue não me curte! :D

    O filme é o Última Noite!


Enviar um comentário