blackstar
* ou como alimentar as minhas pancas!

Depois de, numa tarde em família, a minha rica mãzinha ter resolvido anunciar ao mundo que, quando estendo a roupa, as molas têm que ser todas da mesma cor, o meu paizinho resolveu ser solidário com a minha dor.
Em primeiro lugar, o senhor meu pai riu com tios e primos e perguntou "a sério?!" e enquanto a mãezinha praguejava como era possível que ele nunca tivesse reparado, eu, que às vezes sou muito prática, resumi aquele lapso a um "é gajo, claro que não olha para a cor das molas". Eu lá lhes expliquei que aquilo me fazia muita confusão, que já estava muito melhor, mas ver as cores misturadas nem dormir bem me deixava! Lá acrescentei que isto não é nenhum transtorno obcessivo compulsivo, que é só uma panca e cada um tem a sua... y punto!
Ora agora que, por imperativos de saúde, temos de dividir as tarefas do lar, o homem, quando tem de estender roupinha, uma pecinha de roupa que seja, tem o cuidado que as ditas cujas sejam da mesma cor. Diz ele que não quer que eu, ao olhar para o estendal, fique aborrecida! Um docinho, certo?! :)
2 Responses
  1. NM Says:

    Com as molas não me preocupo, mas quando é para lavar e estender, roupa branca com roupa branca, preta com preta e colorida com colorida, dependendo sempre das peças, claro! No estendal, fica giro... Temos a festa da Sensation, a dos Góticos e a do pessoal normal que se diverte :)


  2. blackphoenix Says:

    Hummmm... o pessoal normal que se diverte... hummm...

    Ora vê lá de que cor é este blogue!!! Agora repara no meu nick!!! Boa... boa... agora, diz-me: parece-te que eu gostei que me chamasses gótica?! Pois... é que sou morena e tudo... nem uma gótica em condições seria! :p


Enviar um comentário