blackstar

Confesso que desde que me lembro de mim como gente, sempre detestei os estigmas, os rótulos ou as ideias pré-concebidas... Bem sei que são formados de forma mais ou menos inconsciente, mas ainda assim, deveria haver um momento em que "cai a ficha": quem veste de preto é gótico, homens que cozinham e têm um gato são gays, as pessoas gordas são preguiçosas, as mulheres vaidosas são burras... enfim, nem vale a pena alongar-me!
Ontem vi um cartaz que dizia algo como "pára de ver a Casa dos Segredos e o futebol e informa-te", um outro falava de novelas... Ora, eu vejo a Casa dos Degredos, como lhe chamo (tenho de confessar que já lhe achei mais piada, mas vejo para poder criticar), geralmente vejo futebol, há dias em que fico ali ao lado da mami a ver a novela e sei a história e acompanho aquilo! Curiosamente,as ditas cujas até têm sido premiadas internacionalmente, deve ser por qualquer coisa...Mas não me considero burra... quer dizer, há ali qualquer coisa nesta corja de governantes que me faz considerar um bocadinho analfabeta, mas, no geral, não me considero burra! Tenho aqui nos meus separadores vários jornais nacionais e tenho no facebook updates dos mesmos e de alguns internacionais; posso também informar que tenho música socialmente aceite e outra que utilizo em momentos tão bons como arrumar a casa ou passar a ferro (ui!!!! passar a ferro ao som do poeta Joaquim de Barreiros é outro nível!) portanto não percebo os rótulos... Deixam-me sem um local para me enquadrar na sociedade... serei uma pindérica inculta que pretende ascender a um nível superior?! Ou uma pessoa que tem a mania que é culta mas na verdade é uma pindérica?! :p
2 Responses
  1. Oi. Tudo blz? Estive aqui dando um aolhada e tbm lida. Muito legal. Apareça por la. Abraços.


  2. susiedesonho Says:

    LOL E não cheira a cholé!!!


Enviar um comentário