blackstar

Gostava de ser uma daquelas pessoas que consegue pensar em si antes de todos os outros! 
Gostava de ser uma daquelas pessoas que conseguem sair das coisas antes de se magoarem.
Gostava de ser uma daquelas pessoas que no dia em que diz não é não mesmo! (Já sei, eu faço o mesmo, mas só depois de dizer pequeninos nãos aqui e ali.)

Ao contrário do que muitos dizem, isso não me faz ser querida, ou seja lá o adjectivo meigo que encontram sempre… nup…faz-me ser burra! Faz com que as pessoas saibam que podem abusar e abusar, magoar e magoar que só quando eu ultrapassar a fase da mágoa (geralmente mais do que qualquer outra pessoa aguentaria) vou dizer o NÃO! Mas aí já vão ter conseguido bem mais do que nos dias bons imaginaram conseguir…

Esta semana, ouvi uma conversa em que diziam (traduzido) algo como “as pessoas que mais nos amam são as pessoas que mais nos magoam”. Parcialmente concordo! É verdade que é com aqueles de quem mais gosto que expludo com maior facilidade… mas peço desculpa assim que a tampa se volta a encaixar (e eu até sou uma pessoa que considera que há palavras quase mágicas que devem ser usadas com muita moderação e esta é uma delas) … e tento compensar ao máximo.

Não são as pessoas que mais me amam as que mais me magoam! São aquelas que eu amei (e não estou no sentido romântico e lamechas da coisa), aquelas que me fizeram baixar as minhas defesas e depois aproveitaram. Que me magoem em momentos mais difíceis eu entendo, aliás, quantas vezes depois de palavras mais ríspidas que já ouvi, não me saltou a tampa mas sim um “que te aconteceu?! Por que é que estás assim?” (só tenho de conhecer bem o meu interlocutor!) desde que depois me compensem sem sequer pedir desculpas… Palavras leva-as o vento, mas gestos não…
2 Responses
  1. Mk Says:

    Pois, percebo-te acredita.Eu tanto aprendi a lição que já deixei de pensar nos outros primeiro.Não me tornei num tipo egoísta ou insensível, para chegar ao ponto de não querer saber de nada nem ninguém além de mim mas comecei a colocar a minha pessoa um pouco mais à frente dos outros em muitos aspectos da minha vida.Tem de ser assim.Tens de ser assim.Estamos sempre a aprender e não convém esquecer as lições que a vida nos dá.


  2. blackphoenix Says:

    Não consigo deixar de esquecer o que se passou... Esta semana tentei reaproximar-me das pessoas que fui perdendo e percebi que não vale a pena... Foi uma escolha delas e eu vou respeitar... será que foi tudo ilusão minha?! Aparentemente sim... Acordei assim azulita... Amanhã já devo estar nova! Mas obrigada! Bj


Enviar um comentário